Cânions no Sul de SC são indicados ao título de geoparque da Unesco

Caso reconhecimento seja homologado, região, que também engloba parte do Rio Grande do Sul, será classificada como destino de interesse internacional.

Por Volnei Vargas 14/12/2021 - 23:42 hs
Foto: Reprodução
Cânions no Sul de SC são indicados ao título de geoparque da Unesco
Geoparque

Os cânions do extremo Sul catarinense, que se estendem também pelo território gaúcho, avançaram no processo em busca do título de Geoparque da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Se for aprovado, o reconhecimento classifica a região, conhecida como Caminhos dos Cânions, como um destino de interesse internacional.

A diretoria do Consórcio Intermunicipal Caminhos dos Cânions foi notificada na segunda-feira (13) sobre a indicação. Conforme a Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur), isso significa que a região deve ser homologada como Geoparque da Unesco na próxima assembleia da organização, prevista para o outono de 2022. O Geoparque Caminhos dos Cânions tem área total de 2.830 km2. Do lado catarinense, ocupa o território das cidades de Praia GrandeJacinto MachadoMorro Grande e Timbé do Sul. No Brasil, apenas o Geoparque Araripe, no Ceará, tem o reconhecimento da Unesco.Em novembro, alguns técnicos da organização estiveram nos Caminhos dos Cânions para conhecer o lugar. No total, o Conselho Global de Geoparques avaliou 18 novas solicitações, e como resultado desse exame, propôs levar a indicação de oito novos geoparques globais ao Conselho Executivo da Unesco.

No meio do ano, segundo a Santur, foram colocadas novas placas de sinalização turísticas na área dos Caminhos dos Cânions. Também foi investido na pavimentação da Serra do Faxinal, na mesma região.